Trata-se de uma doença psicológica e psiquiátrica, que gera mudanças repentinas de atitudes, as quais podem ser extremas e impulsivas. Assim, a pessoa com borderline pode ir de uma imensa euforia a um sentimento intenso de raiva, depressão ou ansiedade.

Fikante

O que sente a pessoa com borderline?

Os sintomas mais comuns da síndrome de borderline incluem a instabilidade emocional, associada à impulsividade, insegurança e relações sociais problemáticas. Costumam ser pessoas que não toleram ficar sozinhas, podendo sentir medo intenso ou raiva quando se sentem abandonados ou negligenciados.

Quem tem borderline pode matar?

Em alguns casos, os portadores de Transtorno Boderline(TB)também conhecido como Transtorno de Personalidade Limítrofe(TPL), podem confundir carência emocional com paixão, comumente transferem para os relacionamentos amorosos a sua instabilidade emocional, oportunizando brigas excessivas, ciúmes exagerados ou ...

Quem tem borderline trai?

Mesmo o Transtorno de Personalidade Borderline sendo um problema que faz com que os indivíduos portadores cometam mais suicídios do que homicídios, chegando à 10% do total, o índice dos indivíduos fronteiriços a se matarem, não se pode descartar os homicídios que esses sujeitos cometem motivados por suas paixões.

Como saber se uma pessoa tem transtorno Borderline ? Psiquiatra explica

Sujeitos acometidos pelo borderline podem ter mais dificuldades em assimilar de forma clara questões cotidianas e até mesmo mais delicadas como uma traição. É importante ressaltar que como o próprio nome diz, elas vivem em uma espécie de limite para o descontrole.

Como saber se uma pessoa tem transtorno Borderline ? Psiquiatra explica

Como é namorar um borderline?

Pessoas com Transtorno Borderline possuem uma exagerada reatividade no humor, impulsividade, relacionamentos intensos e estáveis. Manifestam situações conflitantes como raiva, tristeza, solidão, pânico e assim por diante. A maneira com se comportam na maioria das vezes assustam o parceiro e pessoas ao seu redor.

É possível amar um borderline?

Uma sua relação amorosa com alguém com perturbação de personalidade borderline pode ser muito difícil e exigir muito trabalho de ambos, mas uma relação saudável e de longo prazo é possível.

Como estabilizar um borderline?

O tratamento se resume a medicação, psicoterapia e psicoterapia de família. Mas é preciso fazer uma terapia específica. O terapeuta deve ser mais ativo, mais próximo, mais participante. O borderliner é uma pessoa que sofre muito.

Quem tem borderline pode se aposentar?

Portadora de transtorno de personalidade tipo borderline tem direito a aposentadoria com proventos integrais. Publicado em 11/2021 .

Quem tem borderline pode ser policial?

Se seu diagnóstico estiver correto, pode interferir no desempenho profissional. Mas, não há como prever o quanto, pois as pessoas possuem gravidade diversa - e, com tratamento adequado, pode ser que haja possibilidade de um desempenho satisfatório.

Como é a cabeça de um borderline?

Reage de forma agressiva ou até mesmo sarcástica verbalmente, sentindo-se culpabilizados no momento seguinte, pelo seu comportamento desadequado. Quando efetivamente passam por uma situação real de abandono, podem ocorrer uma ideação paranoide transitória, que pode durar minutos ou dias.

Como funciona o cérebro de um borderline?

Para pessoas com Transtorno da Personalidade Borderline, o hipocampo está em um estado de hiper-excitação contínua. Descoordenado e disfuncional, ele sempre interpreta mal as ameaças e transmite mensagens defeituosas de volta à amígdala.

Quem tem borderline é manipulador?

Quem sofre de transtorno de borderlyne é manipulador? Olá! Não diretamente, mas pode manipular o outro devido sua fragilidade e intensidade, por sentir extremo medo de se sentir abandonado acaba indo a extremos. Os amigos, parceiros e familiares muitas vezes se sentem coagidos a agir como o borderô quer.

Quem tem borderline é louco?

Os transtornos de personalidade afetam vários aspectos da vida da pessoa, em especial o humor, as relações interpessoais, afetos, emoções, trazendo quase sempre uma sensação de confusão que beira àquilo que costumamos entender como loucura.

Como se aposentar por borderline?

Será preciso passar por perícia médica do INSS. Obter a aposentadoria por invalidez é o mais difícil e pode ser negado, pois muitas pessoas que podem ser funcionais para o trabalho mesmo sendo diagnosticadas com a doença.

Quem tem borderline pode trabalhar?

Existem muitas pessoas diagnosticadas com Transtorno de Personalidade Borderline que conseguem ter uma vida funcional e ativa, inclusive o trabalho e relacionamento social podem funcionar como ajuda ao portador do transtorno.

Como um borderline pode melhorar?

Além do tratamento psicoterápico e farmacológico, borderlines podem buscar alívio dos sintomas por meio de hábitos de vida saudável, como boa alimentação e prática de atividades físicas. Hobbies também são importantes, atividades que não são terapias, mas são terapêuticas.

Qual o melhor estabilizador de humor para borderline?

De resto, o ácido valproico pode ser usado, em alguns casos, para tentar estabilizar oscilações de humor ou impulsividade excessiva em pessoas com transtorno de personalidade borderline, mas se trata de uso frequentemente "off label".

Qual melhor tipo de terapia para borderline?

Além da TCC Terapia Cognitivo Comportamental, a DBT Terapia Comportamental Dialética tem se apresentado muito efetiva para pacientes com esse diagnóstico. Lembrando que a psicoterapia pode ser associada ao tratamento medicamentoso. Mais importante que a linha é a relação que existe entre o paciente e o psicoterapeuta.

Quem tem borderline pode ter filhos?

Não há contraindicações à gestação por nenhum transtorno psiquiátrico, mas converse bem com seu psicólogo e seu psiquiatra para entender melhor sua situação atual e todas as alterações que uma gestação e posteriormente um filho podem trazer.

Como lidar com uma namorada borderline?

Ouça com atenção o que ela tem a dizer, tentando entender a emoção que ela está sentindo, mas evite ser categórico ao afirmar coisas como "eu sei como você está se sentindo" porque isso pode aumentar as respostas emocionais dela.

Como é o relacionamento amoroso com quem tem TDAH?

O relacionamento a dois do portador de TDAH é muitas vezes uma prova de paciência para ambos: ao portador cabe um grande esforço para tentar vencer as limitações impostas pela enfermidade, e o parceiro precisa ter paciência redobrada para lidar com a desatenção crônica a os esquecimentos freqüentes.

Fikante