Poesia trovadoresca: pode ser dividida em dois gêneros: lírico e satírico. O gênero lírico se subdivide em duas categorias(cantigas de amigo e cantigas de amor)e o satírico é caracterizado pelas cantigas de escárnio e cantigas de maldizer.

O que era a poesia satírica?

A Sátira representa um estilo literário em verso ou prosa usado para criticar instituições políticas, morais, hábitos e costumes.

Qual o motivo do apelido Boca do Inferno?

Poesia satírica Apesar de ter produzido muito em suas vertentes religiosa e amorosa, Gregório de Matos ficou conhecido como “Boca do Inferno” na Bahia. Os poemas do autor eram direcionados ao contexto degradante da sociedade baiana da época: criticava desde as imoralidades a pessoas específicas.

Quais são as características dos poemas religiosos líricos e satíricos?

Apelido "Boca do Inferno" Em 1681, Gregório de Matos estava de volta a Salvador como procurador da cidade, junto à Corte portuguesa. Levava uma vida boêmia e escrevia versos e sátiras gozando de todos, sem poupar as autoridades civis e eclesiásticas da Bahia, recebendo o apelido de “Boca do inferno”.

O que é poesia satírica?

Além desses três tipos, há a poesia erótica ou pornográfica. Suas sátiras atacavam o governo, a nobreza e o clero. Já a poesia lírico-filosófica e os poemas sacros discutiam temas como: a fragilidade da vida, a fugacidade do tempo, a vaidade, as contradições do amor, o pecado, a culpa e o poder divino.

O que é poesia satírica?

O que é a poesia lírica?

Poesia lírica É um gênero de poesia que surgiu na Grécia Antiga, recitada em forma de canto e, normalmente, acompanhada pela sonoridade de algum instrumento musical, como a flauta ou a lira. Aliás, o nome “lírica”(do latim lyricu)se originou a partir deste último.

Quais as características das poesias satíricas de Gregório de Matos Guerra?

A poesia de Gregório de Matos é religiosa e lírica [ver Antologia]. ... É mais conhecido por sua sátira ferina, azeda e mordaz, usando, às vezes, palavras de baixo calão, daí seu epíteto Boca do Inferno. Critica todos os aspectos da sociedade baiana, particularmente o clero e o português.

Qual dos poemas melhor sustenta o apelido Boca do Inferno?

A obra de Gregório de Matos possui duas vertentes: a satírica, composta dos versos de escárnio pelos quais ficou conhecido e que lhe renderam a alcunha de Boca do Inferno, e a lírico-amorosa, cujos poemas dividem-se entre temas sacros e do amor sensual.

Como podem ser classificadas a poesia de Gregório de Matos?

>A obra de Gregório de Matos é tradicionalmente dividida em torno de três grandes eixos temáticos: a poesia religiosa, a poesia lírica e a poesia satírica.

Quem era criticado nas poesias de Gregório?

Além disso, ele escreveu diversas poesias de crítica política à corrupção e aos fidalgos locais, o que fez com que ele fosse deportado para Angola. Gregório de Matos só pode voltar ao Brasil em 1695, mas com a condição de que ele abandonasse os versos satíricos e fosse morar em Pernambuco.

O que é um gênero lírico?

A principal característica do gênero em questão é a subjetividade. Por meio da poesia, o autor revela suas impressões ligadas ao mais profundo “eu”, extravasando emoções e sentimentos pela expressão verbal rítmica e melodiosa.

Como identificar uma poesia lírica?

Como uma das principais características do gênero lírico é a manifestação da subjetividade, ou seja, a manifestação de aspectos ligados à interioridade de um sujeito, dá-se o nome de eu lírico à voz que se expressa no poema.

Como se caracteriza o lírico amoroso de Gregório de Matos?

O poeta lírico Na poesia lírico-amorosa, o poeta revela sua amada, uma mulher bela que é constantemente comparada aos elementos da natureza. Além disso, ao mesmo tempo que o amor desperta os desejos corporais, o poeta é assaltado pela culpa e pela angústia do pecado.

Quais são as três principais temáticas da poesia de Gregório de Matos por qual motivo o poeta foi apelidado de Boca do Inferno?

A temática religiosa, a satírica e a amorosa. 2. Por qual motivo o poeta foi apelidado de “Boca do Inferno”? Pois ele fazia poemas criticando e satirizando pessoas influentes da Bahia.

Qual é a caracterização da Bahia feita pelo poeta Gregório de Matos?

A BAHIA NA VISÃO DE GREGÓRIO DE MATOS. Gregório de Matos(1623 - 1696), baiano, se interessa em deixar a história social dos seiscentos. Formado em Coimbra, Portugal, escreve sobre a Bahia trazendo à luz o sistema político corroendo as aparências por ela dadas.

Como eram os poemas do Boca do Inferno?

Gregório de Matos Guerra, poeta barroco, era conhecido como o “Boca do Inferno” pelos poemas satíricos que publicava com críticas ferrenhas aos líderes, aos políticos, religiosos e intelectuais da Bahia, repletas de ofensas e palavrões. Peças desse tipo renderam-lhe a fama e imagem de poeta libertino e revoltado.

Quais são os poemas de Gregório de Matos?

Pequei, Senhor; mas não porque hei pecado,/ Da vossa alta clemência me despido;/ Porque, quanto mais tenho delinquido,/ Vos tenho a perdoar mais empenhado. Se basta a vos irar tanto pecado,/ A abrandar-vos sobeja um só gemido:/ Que a mesma culpa que vos há ofendido,/ Vos tem para o perdão lisonjeado.

Qual o nome do maior poeta barroco brasileiro?

É considerado um dos maiores poetas do barroco em Portugal e no Brasil e o mais importante poeta satírico da literatura em língua portuguesa no período colonial.

O que é algo satírico?

Significado de Satírico adjetivo Que pertence à sátira; que envolve sátira. Que escreve sátiras: autor satírico.

Como a mulher é retratada na poesia lírico amorosa de Gregório de Matos?

A mulher é retratada com caracteres românticos, pureza, delicadeza, sendo exaltada e idealizada pelo eu poético.

Como é a forma do gênero lírico?

No tocante à forma, o gênero lírico é basicamente composto por poesia(texto em verso), em detrimento dos outros gêneros que são encontrados mais na prosa. Já no conteúdo, o gênero lírico utiliza do lirismo para desenvolver temas mais subjetivos relacionados ao amor e a natureza.

Como saber se o texto e lírico?

O texto lírico é aquele que, recorrendo a um discurso denso, expressivo, breve e conciso, permite, artisticamente e com musicalidade e ritmo, exprimir as emoções, os sentimentos, os desejos ou os pensamentos íntimos que nascem ou se apresentam ao espírito, ou seja, ao mundo interior do "Eu".

Qual a diferença entre a poesia lírica e épica?

Como texto épico, exige a celebração de um feito, de um acontecimento grandioso e histórico ou do espírito de um povo; como texto lírico, exprime estados de alma, reflexões e sentimentos do "Eu" sobre o que narra.