Orações Subordinadas Adjetivas Restritivas Ao contrário das orações explicativas, as orações restritivas restringem ou delimitam o significado de seu antecedente, e não são separadas por vírgulas. Exemplos: As pessoas que são racistas merecem ser punidas. Oração Principal: As pessoas merecem ser punidas.

O que é expressão restritiva?

As orações subordinadas adjectivas classificam-se, quanto ao sentido, em restritivas e explicativas. As restritivas precisam o significado do antecedente(substantivo ou pronome que as precedem)e são imprescindíveis ao sentido da frase. Exemplo: «Este é um livro que não tem igual na nossa literatura».

Qual é a diferença entre restringir e explicar?

Orações subordinadas adjetivas: só a explicativa é separada por vírgula; a restritiva não. ... A oração subordinada adjetiva explicativa é a que exerce a função de aposto explicativo. A oração subordinada adjetiva restritiva é a que exerce a função de adjunto adnominal.

O que é uma oração explicativa?

São classificados como orações subordinadas adjetivas. Quando não possuem vírgulas, são restritivas(como em 1); quando possuem, explicativas(como em 2). Você sabia, todavia, que, por conta dessas vírgulas, o sentido entre elas é bastante diferente? Restringir significa limitar, separar, dividir.

Orações Explicativas x Orações Restritivas

Orações adjetivas explicativas são aquelas que acrescentam uma informação sobre o antecedente, embora já definido, ampliando os dados e detalhes sobre ele. São informações acessórias, mas são importantes para a construção de sentido.

Orações Explicativas x Orações Restritivas

Como identificar uma oração explicativa?

Explicativas: acrescentam uma qualidade acessória ao antecedente e são separadas da oração principal por vírgulas.

Que é conjunção explicativa?

Conjunções coordenativas explicativas São conjunções que estabelecem relação de explicação entre os elementos conectados, ou seja, a ideia expressa em um é a razão da ideia expressa em outro.

O que é adjetivo restritivo e explicativo?

Por exemplo, todo homem é mortal, todo fogo é quente, todo leite é branco, então mortal, quente e branco são adjetivos explicativos concernentemente a homem, fogo e leite. Adjetivo restritivo: É o adjetivo que denota qualidade adicionada ao ser, ou seja, qualidade que pode ser retirada do substantivo.

O que é oposto explicativo?

Aposto Explicativo Explica ou esclarece o substantivo referido. Aparece isolado na frase por vírgulas. Exemplos: Pelé, o rei do futebol, fez mais de mil gols.

O que é sentido explicativo?

As explicativas são acessórias. Acrescentam uma qualidade ao antecedente, tornam mais claro o seu sentido, mas não são indispensáveis ao sentido essencial da oração principal. Costumam ser postas entre vírgulas: «o meu pai, que era jardineiro, tratava as flores como suas filhas».

Quando a vírgula é explicativa?

A vírgula é utilizada para separar elementos ou locuções explicativas ou corretivas, como “a propósito”, “além disso”, “digo”,” isto é”, “ou seja” etc. Exemplo: O Flamengo é o campeão do Brasileirão de 2019, ou seja, venceu vários jogos para se consagrar como o melhor time do ano.

Quando é que a vírgula é facultativa?

Uso facultativo da vírgula O uso da vírgula é facultativo no início ou meio da oração, quando o adjunto adverbial for apenas um advérbio. Ontem, fomos ao cinema ver um filme de comédia. Ontem fomos ao cinema ver um filme de comédia.

Que explicativo exemplos?

Exemplos de frases com orações explicativas Heloísa ainda deve estar chateada, porque foi muito fria conosco. Vou embora para casa, que estou cansada de esperar por ele. Ele é muito estranho, ou seja, é diferente do habitual.

O que é uma oração concessiva?

d)Orações subordinadas adverbiais concessivas: exprimem concessão, ou seja, traduzem algo inesperado em determinadas circunstâncias. São introduzidas pelas conjunções subordinativas embora, conquanto e as locuções ainda que, se bem que, mesmo que, apesar de que, ainda quanto, posto que.

O que é um aposto dê exemplos?

Aposto é um termo que se junta a outro de valor substantivo ou pronominal para explicá-lo ou especificá-lo melhor. Vem separado dos demais termos da oração por vírgula, dois-pontos ou travessão. Por Exemplo: Ontem, segunda-feira, passei o dia com dor de cabeça.

O que é um vocativo exemplo?

O vocativo pode ser formado por: Substantivo, por exemplo: Laís, faça o trabalho de casa. Adjuntos adnominais, por exemplo: Força, meu amor, nós conseguiremos. Pronome pessoal do caso reto, por exemplo: Atenção, você, diminua a velocidade.

O que é o aposto?

O aposto é uma palavra ou expressão que exerce algum tipo de relação com o substantivo ou pronome de uma oração. Já o vocativo é um termo independente. Assim, o aposto está subordinado a outro termo da oração, enquanto o vocativo, não.

Que restringe adjetivo?

Na semântica, um adjetivo é dito ser restritivo se restringe o substantivo ao qual se refere. Por exemplo, em "o escritor famoso está no banheiro", famoso é restritivo, porque restringe a qual escritor a frase se refere.

O que é adjetivo tipos e exemplos?

O adjetivo é uma classe de palavras que atribui características aos substantivos, ou seja, ele indica suas qualidades e estados. Essas palavras variam em gênero(feminino e masculino), número(singular e plural)e grau(comparativo e superlativo). Exemplos de adjetivos: garota bonita.

O que é um adjunto adnominal restritivo?

Adjunto adnominal restritivo Indica sempre, através da preposição de, de quem é determinada coisa ou objeto. Restringe a posse de algo. Em o livro de Pedro está encapado, de Pedro é o adjunto adnominal restritivo.

Quais são as expressões explicativas?

Expressões explicativas e retificativas: isto é, ou seja, a saber, na verdade, por exemplo, por assim dizer, ou melhor, antes disso, digo, dizendo de outra forma, e outras. Expressões continuativas e conclusivas: além disso, aliás, então, a meu ver, com efeito, enfim, outrossim, portanto, e outras.

Quais são as conjunção coordenativa explicativa?

Expressam a relação de explicação, razão ou motivo. São elas: que, porque, porquanto, pois(anteposta ao verbo).

Porque é uma conjunção explicativa?

A expressão “porque” “Porque” é uma conjunção, ou seja, ele tem a função de ligar duas orações ou termos dentro destas. Além disso, ela pode expressar diferentes sentidos a partir dessa ligação. O “porque” pode ser uma conjunção explicativa, causal ou final.

Como identificar uma oração subordinada adverbial?

Uma oração é considerada subordinada adverbial quando se encaixa na oração principal, funcionando como adjunto adverbial. São introduzidas pelas conjunções subordinativas e classificadas de acordo com as circunstâncias que exprimem.

Como se classifica uma oração?

São classificadas em: Subjetiva, Predicativa, Completiva Nominal, Objetiva Direta, Objetiva Indireta e Apositiva. Oração Subordinada Substantiva Subjetiva - Exerce a função de sujeito. Exemplo: É provável que ela venha jantar. Oração Subordinada Substantiva Predicativa - Exerce a função de predicativo do sujeito.