As características principais dos direitos reais são: taxatividade, oponibilidade “erga omnes”, seqüela e aderência. A taxatividade(numerus clausus)releva que não há direitos reais quando a lei não os declara. O art. 1.225 do CC é a referência para os que proclamam a taxatividade do número dos direitos reais.

Quais são os três elementos constitutivos do direito real?

Art. 1.228. O proprietário tem a faculdade de usar, gozar e dispor da coisa, e o direito de reavê-la do poder de quem quer que injustamente a possua ou detenha. Os direitos reais se exercem erga omnes, ou seja, contra todos, fazendo, novamente surgir o direito de sequela, bem como o direito de preferência.

Como podem ser classificados os direitos reais?

São vários os direitos reais limitados, que se subdividem em: 1)direitos reais de gozo ou fruição; 2)contratos com efeitos reais e 3)direitos reais de garantia.

Quais são os direitos reais sobre a coisa alheia?

O direito real consiste no poder jurídico, direto e imediato, do titular sobre a coisa, com exclusividade e contra todos. Tem como elementos essenciais, o sujeito ativo, a coisa e a relação ou poder do sujeito ativo sobre a coisa, chamado domínio.

Direito Civil - Aula #214 - Classificação dos Direitos Reais(É isso!)

O que eram os direitos reais sobre coisas alheias no direito romano?

São dois os tipos de direitos reais sobre coisa alheia: os de gozo, relativos aos direitos de usar, fruir e dispor da propriedade, e os de garantia, que atuam garantindo pagamento de dívidas. ... Já os direitos de garantia são a fidúcia, o penhor e a hipoteca.

Qual a função social dos direitos reais sobre coisa alheia?

Sendo assim, o próprio direito real na coisa alheia deverá observar a função social. Em outras palavras, se há incidência de um direito real em coisa alheia, essa incidência deverá atender à função social, ou seja, o exercício do direito real na coisa alheia não pode prejudicar terceiros.

Quais são os elementos constitutivos do direito de propriedade?

Os elementos constitutivos da propriedade correspondem aos direitos essenciais que integram a relação jurídica que se estabelece entre o proprietário e a coisa, quais sejam: usar, gozar, dispor e reivindicar, conforme dispõe o art. 1.228, caput, do Código Civil de 2002.

Quais sãos os direitos reais?

São direitos reais considerados no art. 1.225 do Código Civil: a propriedade, a superfície, as servidões, o usufruto, o uso, a habitação, o direito do promitente comprador do imóvel, o penhor, a hipoteca, a anticrese, a concessão de uso especial para fins de moradia, a concessão de direito real de uso e a laje.

Quais os princípios e regras gerais que regem os direitos reais de garantia?

Há cinco efeitos dos direitos reais de garantia que são; o privilégio, sequela, excussão, indivisibilidade e o vencimento antecipado da obrigação garantida. Privilégio – os credores com garantia real têm direito de receber em certa ordem quando concorrem com credores que não tem garantia.

O que é o jus Possidendi?

Jus possessionis é a posse que não tem substrato jurídico. Tem por substrato uma mera situação de fato. A posse tem três efeitos básicos: – Proteção possessória(interdicta): é a tutela possessória, que consiste em a pessoa poder se valer do instrumento processual para proteger a relação jurídica.

O que significa o princípio do absolutismo no direito real?

Princípio do absolutismo: os direitos reais apresentam caráter absoluto, erga omnes, pois valem contra todas as pessoas. Em relação a eles a coletividade possui dever negativo ou omissivo, devendo respeitá-los na forma da lei. Princípio da tipicidade: os direitos reais existem de acordo com os tipos legais.

Quais as principais distinções entre direitos reais e direitos pessoais?

O direito real representa um complexo de normas regulamentadoras das relações jurídicas correspondentes à coisas que o homem possa possuir, como um apartamento, por exemplo. ... Enquanto isso, o direito pessoal responde ao Direito das Obrigações numa forma que trata das relações dos sujeitos passivos e ativos.

Quais as principais diferenças entre direitos reais e direitos pessoais?

Sobre a seqüela o Direito real segue seu objeto onde quer que se encontre, devido à sua eficácia absoluta, já o Direito pessoal consiste no poder de exigir certa prestação que deve ser realizada por determinada pessoa, não vinculando terceiros.

O que é a característica da elasticidade dos direitos reais?

5º - Elasticidade: a propriedade pode se distender ao máximo ou comprimir ao máximo à vontade do proprietário. Quando o proprietário detém todos os poderes, há a propriedade plena. Quando um dos poderes é retirado do proprietário, chama-se propriedade limitada, o mesmo que direito reais sobre coisas alheias.

Quais são as principais características do direito de propriedade?

A propriedade é um direito absoluto na medida em que o proprietário tem o mais amplo poder jurídico sobre aquilo que é seu. ... Como a propriedade é o direito real de usar, gozar, dispor e reivindicar a coisa, todos os outros direitos podem ser extraídos do direito de propriedade, onde se concentram os atributos.

Quais são os quatro atributos da propriedade?

Atributos da Propriedade(GRUD)-Propriedade PLENA: tem os quatro atributos; -Propriedade LIMITADA: tem mais de um atributo; -POSSE: tem apenas UM atributo. ... Atributos da Propriedade(GRUD)-Propriedade PLENA: tem os quatro atributos; -Propriedade LIMITADA: tem mais de um atributo; -POSSE: tem apenas UM atributo.

Quais são os requisitos da propriedade?

O proprietário tem a faculdade de usar, gozar e dispor da coisa, e o direito de reavê-la do poder de quem quer que injustamente a possua ou detenha. Art. ... Considera-se possuidor todo aquele que tem de fato o exercício, pleno ou não, de algum dos poderes inerentes à propriedade.

Quais as classificações da propriedade?

Propriedade Classificação da propriedade: Plena: Quando estão presentes todos os elementos da propriedade, isto é, quando o titular da propriedade possui todos os elementos da propriedade. ... Limitada: Quando recai sobre a propriedade algum ônus ou quando pertence ao devedor sem transmissão da posse ao credor.

Quais as espécies de propriedade?

Há três espécies: extraordinário, ordinário e o especial(ou constitucional), dividindo-se este em rural(pro labore)e urbano(pro moradia ou pro misero), sendo regulados pela CF. O usucapião é um modo de aquisição da propriedade em decorrência do lapso temporal(prescrição aquisitiva).

Quais são as três espécies de tradição?

São tais espécies a tradição efetiva ou tradição-entrega ou tradição real(traditio real), a tradição simbólica(traditio symbolica)e tradição ficta(traditio ficta).

Porque a propriedade é o único direito real sobre a coisa alheia?

A propriedade vinha no caput do código de 16. É o único dos direitos reais em ius re própria, direito real sobre a própria coisa, porquanto o proprietário concentra os 3 poderes de domínio em suas mãos. ... Nenhum outro titular tem tais poderes na Mao, por isso ius re própria. Art.