Não existe determinação legal sobre distância mínima para concessão do benefício do vale-transporte ao empregado doméstico. Se o trabalhador faz uso de transporte público, por mínima que seja a distância, o empregador é obrigado a fornece-lo.

VALE-TRANSPORTE: como funciona? Quem tem direito?

No segundo trecho da mesma trilha a distância é de 2 Km, o que dará 25 minutos para a extensão.

Quanto tempo demora 2 km a pé?

Não existe determinação legal de distância mínima para que seja obrigatório o fornecimento do VT, então, o empregado utilizando-se de transporte coletivo por mínima que seja a distância, o empregador é obrigado a fornecê-los.

A partir de quantos km tem direito a vale transporte?

Não existe determinação legal de distância mínima para que seja obrigatório o fornecimento do VT, então, o empregado utilizando-se de transporte coletivo por mínima que seja a distância, o empregador é obrigado a fornecê-los.

VALE-TRANSPORTE: como funciona? Quem tem direito?

Quando o funcionário não tem direito a vale transporte?

Quem não tem direito ao vale-transporte? A lei do vale-transporte deixa claro que quando o profissional não utiliza transporte coletivo para se deslocar da residência para o trabalho e vice-versa, a empresa não é obrigada a concedê-lo.

Quem vai trabalhar de carro têm direito ao vale transporte?

O empregado que utiliza veículo próprio para ir trabalhar não faz jus ao recebimento do vale-transporte.

Quando o funcionário muda de cidade?

A CLT prevê que um dos direitos do trabalhador é a garantia de ir e vir, no trajeto casa – trabalho – casa. E isso independe do endereço. Se o funcionário mudou de endereço e necessita pegar um ônibus a mais, a empresa não pode negar isso a ele.

Quando a empresa muda de endereço o funcionário tem que ir?

EM REGRA, SIM. As transferências de locais de trabalho que não provoquem a mudança na residência do empregado são, na maioria dos casos, legais e, portanto, o trabalhador é obrigado a aceita-las.

Quando a empresa se muda de endereço?

A mudança de endereço da empresa não é feita de forma simples. Será necessário se dirigir a órgãos públicos e privados para resolver algumas questões burocráticas e informar o processo de mudança. As principais delas são: Alteração no Contrato Social na Junta Comercial do Estado.

Qual o valor do desconto de Vale-transporte?

A concessão do Vale-Transporte autoriza o empregador a descontar, mensalmente, do beneficiário que exercer o respectivo direito, o valor da parcela equivalente a 6%(seis por cento)do seu salário básico ou vencimento.

Como calcular o vale transporte proporcional aos dias trabalhados?

Para encontrar a proporcionalidade, basta encontrar a razão do número de vales utilizados no mês(VT efetivamente utilizado)pelo número total de vales que seria utilizado se o empregado trabalhasse o mês todo. Proporção de vale-transporte no mês da admissão: 20 divididos por 44=45,45%.

O que a lei diz sobre vale transporte?

Afinal, o que diz a lei do vale-transporte CLT? De acordo com a legislação, qualquer trabalhador que necessite utilizar o transporte público para realizar o trajeto de sua residência até seu posto de trabalho, tem o direito de receber os valores desse deslocamento de forma antecipada do empregador.

O que diz a CLT sobre o vale transporte?

A lei do vale transporte n° 7418/85 diz que tal beneficio deve de ser concedido antecipadamente pelo contratante ao contratado. Sendo sua concessão obrigatória para todos os brasileiros,urbanos ou rurais,de forma fixa ou temporária do quadro de uma empresa.

O que diz o artigo 458 da CLT?

458 - Além do pagamento em dinheiro, compreendem-se no salário, para todos os efeitos legais, a alimentação, habitação, vestuário ou outras prestações [in natura], que o empregador, por força do contrato ou do costume, fornecer habitualmente ao empregado.

Como é feito o cálculo do Vale-transporte?

O cálculo do vale transporte é baseado na alíquota de 6%, que é o máximo que pode ser abatido do salário. Então, para saber o valor do vale-transporte que o funcionário terá que “pagar”, basta multiplicar o valor do salário bruto por 6%.

Como calcular desconto de VT proporcional?

Você, como empregador, deve fazer o desconto do vale-transporte no percentual de 6%. Então, para saber o valor real do desconto é necessário multiplicar o percentual pelo valor do salário, isto é R$ 2000,00 vezes 6%, o que totaliza 120,00.

Como é feito o desconto do Vale-transporte proporcional?

Quando o Vale Transporte de um colaborador for menor que 6% de seu salário bruto, o valor real deverá ser descontado. Caso contrário, o desconto poderia comprometer seu salário. No caso de valores maiores que do 6% do valor do salário bruto do colaborador, o excedente é por conta da empresa.

Como calcular vale-transporte 2021?

Se o desconto total do vale-transporte deve ser de até 6% do valor do salário básico, no exemplo apresentado o desconto total deveria ser de até R$ 120,00(2.000 x 6%=120). Como o valor total dos vales-transportes é de R$ 110,00, será este o valor descontado do salário básico, e não o valor de R$ 120,00.

Como fazer o cálculo do desconto?

Para calcular porcentagem de desconto basta você pegar o valor sem desconto(V)do produto e multiplicar pela porcentagem(%). Para obter o valor final com desconto(Vf), pegue o valor sem desconto(V)e subtraia pelo resultado da conta anterior, que é o valor descontado(Vd).

Como tomar a decisão de mudar de cidade?

Um novo emprego ou um relacionamento em uma nova cidade também podem ajudar a tomar essa decisão. Ter novas oportunidades profissionais em um local diferente ou a possibilidade de criar laços podem trazer a segurança necessária para você tomar essa decisão tão importante.